quinta-feira, 5 de dezembro de 2019

Aporte 02: ITUB3

Fala, finansfera!

O aporte de Dezembro/19 será novamente em ITUB3. Basicamente por 2 razões:

  1. O preço se manteve na faixa que julgo uma boa compra. Paguei R$ 30,17 por ação, o que representa um DY em torno de 9%.
  2. Será minha primeira declaração de IR em 2020, então para efeito de simplificação a escolha por Itaú é assertiva.
Em Janeiro vou receber meu 1º dividendo. Embora seja um valor baixo, estou extramente feliz pois enquanto a maior parte da população brasileira está pagando juros do cartão de crédito e cheque especial, eu estarei recebendo renda passiva na minha conta. Essa é a primeira semente de muitas que virão:


Nesse momento não me incomodo com a concentração da carteira, pois a mesma será formatada ao longo do tempo com diligência no aporte e sobretudo mantendo a paciência. 



Por fim, mantive o aporte em torno de R$ 500 neste mês de Dezembro, que por ora é minha meta. Poderia ter aportado um pouco mais em virtude do recebimento da 1ª parcela do 13º salário, no entanto optei por deixar na Renda Fixa, uma vez que entrarei de férias no final de Dezembro, então preciso equacionar minhas despesas de final e início de ano com calma. Ajeitando isso e sendo possível, farei um aporte maior em Janeiro ou Fevereiro, enfim tudo vai depender do meu planejamento financeiro. 


 Desde já desejo um próspero final de ano à todos da finansfera. 

Ad sumus!


segunda-feira, 2 de dezembro de 2019

Fechamento: Nov/2019

Fala, finansfera!

Um post rápido sobre o fechamento do Mês de Novembro, apenas para solidificar o hábito, uma vez que efetuei a compra das minhas primeiras ações no dia 19/11, então é um tempo relativamente curto.

É importante reforçar que eu já possuo Reserva de Emergência na Renda Fixa (Poupança, Tesouro Selic e CDB com Liquidez Diária) e não farei a atualização desses valores e porcentagens para não tirar o foco principal do Blog. Sendo assim, segue panorama da minha carteira:

                                                   Carteira Nov/2019.

O patrimônio negativo nesse momento e o fato de ter apenas uma empresa no portifólio não me abalam, pois fazem parte da minha estratégia de investimento e preciso manter o sangue frio para não me desviar do meu plano. Além disso, o meu foco não é na rentabilidade proporcionada pelo crescimento da cotação das ações e sim no acúmulo em número de ações dividendos crescentesLembrando ainda que, o crescimento da cotação é consequência do lucro da empresa pois no longo prazo a cotação acompanha o lucro.

Por falar em dividendos, nesse mês de Dezembro não receberei nenhum dividendo pois quando efetuei a compra as ações já havia ultrapassado a data de direito, no entanto o Itaú deliberou o pagamento de juros sobre capital próprio aos acionistas no valor de R$ 0,031926 que serão pagos até o dia 30-04-2020 e terei direito pois comprei antes da data-com 12-12-2019, conforme imagem abaixo.

                                         Anúncio de dividendos do Itaú.

À medida que a carteira for crescendo e os dividendos forem caindo de modo mais frequente, estarei criando postagens apenas com essa finalidade, a fim de acompanhar a evolução da renda passiva.

Então, é isso aí, pessoal. Nessa semana farei meu próximo aporte e atualização do mesmo aqui no Blog.

Finalizo com essa frase sensacional do Warren Buffet, que muito me inspira nessa caminhada:

"Alguém está sentado na sombra hoje porque alguém plantou uma árvore há muito tempo."

quarta-feira, 20 de novembro de 2019

Aporte 01: ITUB3



Inaugurando nossa caminhada, eis aqui um colosso da Bolsa, ITUB3. Maior banco privado da América Latina.

Aproveitando a histeria por conta das fintechs e bancos digitais, os "bancões" deram uma lateralizada nos últimos meses, então surgiu uma ótima oportunidade para quem foca em dividendos.

Contrariando aqueles que preferem a queridinha ITSA4, minha escolha por ITUB3 (nesse momento, nada impede que no futuro eu faça aporte em ITSA4) foi exclusivamente pelo Dividend Yield superior aos seus pares, conforme imagem abaixo.

 
O gráfico a seguir mostra o comportamento do preço de ITUB3 ao longo de 2019.


Percebe-se que o preço atual R$ 30,30, é similar ao de Março, além disso podemos notar que nesse período de quase 9 meses, tivemos 2 boas oportunidades: Em Maio, com a greve dos caminhoneiros onde o preço ficou abaixo de R$ 27 e recentemente em Outubro, onde houve uma pequena correção e o preço chegou próximo de R$ 28.
 
Basta uma simples observação no gráfico para notar o comportamento da ação e identificar essas janelas de oportunidade. Isso pode ser notado por qualquer um, seja um investidor experiente ou não. E pra quem investe focado em renda passiva isso é excelente.
 
Não sou entusiasta da Análise Técnica, mas lançar mão de um gráfico se mostra bastante útil antes de efetuar um aporte. Mantivendo o preço até R$ 35 continuarei aportando em ITUB3, até porque em Março vem dividendos gordos, provavelmente. E se a cotação cair pra R$ 28, o que eu vou fazer? Comprar ainda mais. E se ultrapassar os R$ 35? Analisarei se existe uma oportunidade melhor no momento.
 
O meu racional, guardado as devidas proporções, vai de encontro com a Filosofia do Barsi. Comprar a melhor oportunidade do momento segundo os meus critérios. Nesse início de carteira não se justifica diversificar, pois a diversificação virá com o tempo e também possuo pouco capital, enquanto isso vou acumulando ações de uma excelente empresa feito Itaú. Daqui 3 meses pode acontecer algo com o setor de Energia Elétrica e abrir uma oportunidade, ou com o Setor de Saneamento ou ainda de Seguros, enfim, o importante é estar atento.

Finalizando:
  • Aporte 01: ITUB3
  • Preço por Ação: R$ 30,15
  • Total Aportado: R$ 512,55
  • Quantidade de Ações: 17
  • Data da Operação: 19/11/2019
 Agora é aguardar ansiosamente pelos primeiros dividendos. Serão centavos, entretanto é a primeira semente plantada visando a colheita lá na frente.

Ad Sumus, finansfera!

Apresentação



Criei esse Blog para que o mesmo sirva como uma espécie de diário pessoal sobre minha caminhada rumo à Indepência Financeira, onde os aportes representam as sementes e os dividendos constituem a colheita, justificando desse modo o título deste.
 
Sabemos que o investimento voltado para o longo prazo requer uma boa dose de disciplina, foco e persistência por parte do investidor. Nesse sentido, é necessário internalizar essa filosofia e o hábito de manter isso tudo registrado favorece o comprometimento com os aportes mensais.
 
Minha filosofia de investimento consiste basicamente em comprar ações de boas empresas com foco na renda passiva, reaplicar os dividendos com diligência até formar uma verdadeira bola de neve e alcançar o patamar onde minhas despesas serão custeadas exclusivamente pelos dividendos.
 
Reconheço que o caminho é longo e árduo, eu diria até tedioso. Todavia, mantenho os pés no chão e afastado de fórmulas mirabolantes de enriquecimento rápido, tipo pirâmidades, daytrade, Bitcoins ou qualquer outra maneira que só iria me estressar e levar meu suado dinheiro ao pó.
 
Entendo que o investimento em ações é considerado de alto risco, pois se trata de algo que diariamente pode ser afetado por notícias, condições macro-econômica e escândalos políticos, entretanto a estratégia focada no longo prazo é uma espécie de escudo diante da volatidade, uma vez que as empresas escolhidas para compor a carteira estão inseridas em setores perenes e possuem bons fundamentos.
 
Embora muitos condenam os gurus do mercado, tenho para mim que boas influências são essencias em todas as esferas da nossa vida, seja pessoal ou profissional. E no mercado de capitais, minha maior inspiração é o Luis Barsi, considero-o um senhor muito sábio e seus conselhos são de grande valia. Obviamente que não irei montar uma carteira idêntica à dele, até porque ele comprou empresas em outras épocas por preços diferentes dos atuais, contudo muitos dos seus princípios estarão presentes em minha estratégia de investimento. 
 
Portanto, o foco deste blog é registrar meus aportes mensais e acompanhar a evolução da renda passiva recebida. Óbvio que o crescimento do patrimônio é importante, porém o objetivo é aumentar a renda passiva progressivamente. Caso ocorra quedas no patrimônio, o que é bem provável, servirá como janelas de oportunidade, ou seja, poderei acumular mais ações com o mesmo aporte, o que é excelente.
 
Por fim, espero que esse espaço seja útil para tantos outros investidores, sejam iniciantes como eu ou até mesmo os veteranos de guerra. A troca de experiência é muito importante nessa caminhada, seja para inspirar, orientar, motivar e até mesmo nos encorajar em momentos de dificuldades.
 
Ad sumus, "finansfera"!!!

P.S: O Blog terá essa cara rústica por um bom tempo, pois vou demorar a aprender a mexer nessas funcionalidades, porém o importante foi começar. Conto com vocês!